Fevereiro – Retorno das Atividades!

 

Volutas me mordam! Por certo alguns se questionaram, onde estará o Israel a uma hora dessas?

Pelas barbas de Menuhin! Tenhos muitas coisas para contar de minhas férias em Florianópolis (minha cidade!!!), e algumas delas tem a ver com música e violino. E por certo que vou me concentrar apenas nestas aqui.

Então, me hospedei na casa de um amigo, o Felipe. Além de todos os esportes e trilhas que pudemos fazer, temos mais em comum do que se imagina. Violinista desde de que usava fralda, começamos a aprender juntos e seguimos a tocar. Ele agora na Orquestra Sinfônica de Santa Catarina e eu aqui na Sinfônica de Campo Grande.

Pudemos ensaiar um movimento do concerto de Bach para 2 violinos em D menor muito bonito e tantos outros duetos mais, mas o que foi mais divertido nessa história foi nossa experiência com o Choro (um gênero músical – Para quem ainda não conhece).

No fim de uma trilha de 7 km pela Costa da Lagoa encontramos um Bar/Lanchonete (difícil de definir) onde haviam 2 músicos. Uma violinista e um acordeonista (Julia e Francisco). Foi um encontro inesperado.

O tio deles (‘Willy’) nos chamou para assistir e fomos prontamente. Sim, era Tango! Dois argentinos de Buenos Aires ‘porteños’ a tocar!  Foi uma surpresa grandiosa. Nos apresentamos como violinistas, eramos três, o irmão do Felipe também toca (Mateus) e marcamos de nos encontrar para fazer um som juntos no dia seguinte.

E foi isso que aconteceu! No outro dia pegamos o barco a fim de não se cansar demasiadamente. Só que o Felipe levou o violão também. E aí rolou um intercambio muito massa. Levamos o Choro e eles apresentaram mais uma vez o Tango. Fizemos algumas improvisações, trocamos contatos, e PARTITURAS é claro! Além disso o tio deles mora lá e é um compositor de extrema criatividade e simpatia, ainda toca violão com muito sentimento.

Bem, e outro dia resolvemos sair e tocar na praça. Se aventurar nessa de músico de rua sabe?  Uma brincadeira que dá dinheiro senhoras e senhores. Éééé, vale a pena experimentar pelo menos uma vez na vida. E nessa minha primeira vez foi SUPER MEGA GIGA TERA  interessante meSSSSmo!!!!

Primeiramente quando vi as pessoas darem suas contribuições, não fazia muito tempo e não era nenhuma esmola. Surprendeu-me a generosidade e ainda mais o fato de que muitos destes não eram pessoas de ótimas condições, inclusive um hippie desse que vive do artesanato veio nos prestigiar e contribuir. O Felipe foi feliz em comentar algo a respeito, mas me falha a memória, portanto não me arrisco em dizer agora.

Nos fez refletir profundamente e de fato não pudemos aceitar todas as contribuições, mas foi o suficiente para um lanche depois.

Eu falei em surpreendente, mas ESPETACULAR foi o que houve a seguir. Saímos daquele ponto em busca de outro e depois da primeira quadra encontramos um quarteto do Uruguai tocando sabe o quê? CHORINHO!!! E aí no intervalo de uma música e outra combinamos de tocar. Eles tinham bem mais estrutura que a gente é claro, e já tinham CD gravado. Com seus amplificidores e microfones pudemos fazer algumas apresentações apenas eu e o felipe, e nos intervalos um poeta de Brasília que também chegava por ali aproveitou para declamar algumas obras divertidas. Por fim, para encerrar pudemos todos tocar juntos a música “Vou casar do Uruguai” e foi um sucesso absoluto. Nem preciso dizer que saímos de lá com o sorriso até a orelha sem acreditar no que tinha ocorrido.

E antes que eu me esqueça… Vou me apresentar com uma orquestra na Bolívia em Abril, serão 4 dias em Santa Cruz de la Sierra – Festival Internacional da Música Barroca.

E como eu sou um cara muito sortudo ou cheio de coicidências, no ônibus de retorno conheci uma senhora boliviana de Santa Cruz…Meu!!!…Que loucura essas férias…E vocês só sabem essa parte. Bem bem…

Então ‘buona gente’ estou de volta a Campo Grande. É hora de cair da cama porque as férias foram um sonho!

Ano que vem preparem-se para outras grandes novidades!

2 comentários sobre “Fevereiro – Retorno das Atividades!

  1. Uau!! Que Perfect!!!!
    Nossa! sempre tive muita vontade de tocar na rua, até agora não tive coragem.. Cara, que sortudo! Enquanto vc estava lá com suas aventuras musicais eu aqui em Sergipe tendo aula na Universidade… buáááááá!!!! bj

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s